02/08/15

Sobre os sentidos

Nós temos cinco sentidos, mas isso não quer dizer que não haja mais elementos para captar. Nós também não podemos comparar a nossa inteligência com a de um cão, porque o cérebro deles é diferente e serve outro organismo. O cérebro do Passos Coelho, por exemplo, não serviria de nada a uma vaca. Os nossos sentidos influenciam o nosso pensamento e têm uma interligação entre eles. Eu não tenho olfato, mas é espantoso porque há memórias que sinto no nariz. Lembro-me de ir a uma loja com o meu pai comprar uma caixa de lápis de cor. Essa recordação está no nariz, mas não tem cheiro porque nunca tive olfato.

Desta entrevista, com António Victorino d'Almeida

Sem comentários: