25/07/15

Sobre uma política cultural adequada

No dia em que houver uma política cultural realmente digna e levada a fundo, isto é, uma política em que todas as manifestações de cultura (...) forem postas ao serviço do progresso e do enriquecimento do nosso espírito, acabar-se-ão as incompreensões e a ideia de "acaso", de extravagantes e quase palhaços que se fomenta no povo sobre o artista.

Compreender-se-á a importância do seu papel na sociedade.

Antoni Tàpies, ibidem.

Sem comentários: