22/07/15

O seu a seu dono

Não há remédio senão gritar e bater com força quando achamos, como dizia não sei que poeta beatnik, que o mundo não pode funcionar bem enquanto não conseguirmos, com a nossa luta e os nossos escândalos, que os honrados representantes da ordem sejam colocados no lugar que lhes corresponde, isto é, no de cobradores de eléctrico.

Antoni Tàpies, Declarações, A prática da Arte, Cotovia: 2002.

Sem comentários: