01/07/15

Morrer

Nunca se morre demasiado cedo, não é? Morre-se e pronto, no tempo certo.

Sem comentários: