16/07/15

Das palavras proibidas (4)

Não me deixavam dizer algumas palavras, mas nunca me impediram os provérbios.
Depois mandaram-me para a faculdade e eu só tinha erudição forçada. Tive pena, mas tristezas não pagam dívidas.

Sem comentários: