05/07/15

Carta ao Pai (18)


Viver com a crueldade
Da criança que
Tira os olhos ao pássaro

(...)

E as mãos que sentimos
Bem presas seguras aptas

Essas
Todos sabemos
Que podem ainda cada vez mais 
Esmagar com cuidado com extremo cuidado
Dilacerar suavemente
Nos olhos está o amor.

Mário Henrique-Leiria, Viver com a Crueldade (excertos).

Sem comentários: