18/04/15

Das desconexões

Nos últimos dias, acordo entre as 5.30 e as 6h, absolutamente desperta para o dia. Mas não sinto qualquer capacidade de me ligar com quem quer que seja. Hoje acordei, tinha uma mensagem, respondi e fiquei na cama a ler até às 9h, absorvidíssima. Acho que perdi qualquer coisa.
Nem triste, nem feliz, nem nada: noutro mundo há demasiados dias.

Sem comentários: