23/04/15

A Maria João

A Maria João foi a primeira mulher que me amou sem ser obrigada a isso. Ia buscar-me ao colégio para almoçar esparguete com carne moída e deixava-me não usar o guardanapo no pescoço. Dava-me leite-creme ao lanche e tratava-me por Laurinha. Sou do FCP porque a Maria João era e usava bandoletes com uma poupinha à frente porque a Maria João usava.
Um dia, a Maria João construiu para mim um pequeno elevador de cartão, para os meus Legos poderem subir para cima do armário sem eu ter que fingir um elevador. Eu lembro-me disto porque foi o último dia em que a vi. Dormi no seu sofá-cama da sala e uns dias depois, eu e a minha mãe mudámos de ilha.
Às vezes, tenho muitas saudades dela. É que não a vejo desde os meus seis anos.

Sem comentários: