13/09/14

Saeglópur (Marinheiro)


Tu és uma raposa
Tu tens o ar
Tu sentes-te em guerra
Sozinho.

Um marinheiro com vida
A vir para casa.
Com o mergulhador, ele vem
Vem para casa.

(A letra original, aqui.)

É magnífico.

Sem comentários: