30/08/14

Quando me abandonei em ti,

eras pensamento,

algo
murmura entre nós dois:
do mundo a primeira
das últimas
asas,

em mim cresce
a pele sobre
tempestuosa
boca, tu não chegas até ti.

Paul Celan

(e foi disto que me lembrei a noite passada.)

Sem comentários: