12/05/14

Eduardo Lourenço

'Eu sei que o que interessa às pessoas é o insólito, o estranho, o escandaloso, e que se procura isso para ver se os outros são como nós. Se, afinal de contas, são tão miseráveis como nós.'

'Só me interessa o sentido das coisas, não propriamente a realidade das coisas.'

Mais, aqui.

Sem comentários: